Home Notícias Dono do DGABC é condenado a 5 anos de prisão

Dono do DGABC é condenado a 5 anos de prisão

4 min read
0

O juiz federal Sergio Moro condenou na manhã desta quinta-feira os empresários Enivaldo Quadrado e Ronan Maria Pinto a cinco anos de prisão, em regime fechado, pelo crime de lavagem de dinheiro.

A sentença é referente a um empréstimo realizado em 2004, de R$ 12 milhões, do Banco Schahin ao pecuarista José Carlos Bumlai. O pagamento do empréstimo teria ocorrido através de um contrato fictício de Bumlai com o banco.

Segundo o MPF, o real pagamento do empréstimo teria sido através da contratação do Grupo Schahin pela Petrobrás para operar o Navio-Sonda 10.000. Cerca de R$ 6 milhões teriam sido repassados ao empresário Ronam Maria Pinto. O MPF não conseguiu elucidar o motivo do repasse.

Ronan é dono do jornal Diário do Grande ABC. A Lava Jato suspeita que ele comprou a empresa com R$ 6 milhões que teria recebido via José Carlos Bumlai, que foi preso na Lava Jato, em 24 de novembro de 2015.

Em nota, a defesa de Ronan Maria Pinto afirmou que não concorda com a decisão preferida e que recorrerá perante os Tribunais superiores.

Com informações do portal Brasil 247
Carregar mais notícias
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Vejam também

Prerrogativas lança “O livro das suspeições”

Do prerrogativas – O Livro das Suspeições reúne 34 artigos originais de juristas e advogad…