Home Notícias Cultura Tempos sombrios: ‘É a 1ª vez que sou impedido de cantar no período democrático’

Tempos sombrios: ‘É a 1ª vez que sou impedido de cantar no período democrático’

3 min read
0

Justiça vetou show do cantor Caetano Veloso em ocupação do MTST em São Bernardo do Campo (SP)

O cantor Caetano Veloso criticou a decisão judicial que impediu uma apresentação dele em uma ocupação do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) em São Bernardo do Campo (SP), nesta segunda-feira (30).

Caetano disse que a decisão foi uma “manobra legal”, e afirmou que esta foi a primeira vez em que foi impedido de cantar desde o fim da ditadura militar, em 1985. As informações são da revista Veja.

“No período democrático, creio que não, é a primeira vez [que é impedido de cantar]. Eu vivi o período oficialmente não democrático, não é bom pra mim ser impedido de cantar”, disse o cantor.

No mesmo dia, a juíza Ida Inês Del Cid, da 2ª Vara da Fazenda Pública de São Bernardo, acatou pedido do Ministério Público, que alegou que a área é invadida, que a ocupação é ilegal e que o local não tinha estrutura para comportar uma apresentação desse porte.

“Pode ser um modo de reprimir alguma ação que seria legítima, em princípio. Mas eles apresentam também justificativas por causa de segurança, porque como o lugar não foi vistoriado. Mas não é em um lugar interno, tem espaço, seria possível. Eu acho que há má vontade deles”, criticou o artista.

Além de Caetano, foram à ocupação as atrizes Sonia Braga, Leticia Sabatella e Alline Moraes, os cantores Emicida e Criolo e a produtora Paula Lavigne, mulher de Caetano. O vereador Eduardo Suplicy (PT-SP) e o deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL-RJ) também participaram do ato.

Carregar mais notícias
Carregar mais em Cultura

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Vejam também

A guerra e a verdade nas eleições 2018 no Brasil

No Brasil, o uso da Internet é regulado pela lei nº 12.965 que estabelece princípios, gara…