A promotora do Ministério Público do Rio de Janeiro, Carmen Eliza Bastos de Carvalho, que participou da coletiva sobre o caso Marielle Franco, ontem (30), fez campanha para o então candidato à Presidência Jair Bolsonaro em 2018.

Em imagens de seu perfil no Instagram, que circulam nas redes sociais na manhã de hoje (31), Carmen comemora a posse de Bolsonaro, além de aparecer em fotos da época da campanha eleitoral usando uma camisa com o rosto do então candidato. Há, também, uma foto ao lado do deputado estadual Rodrigo Amorim (PSL). Ao lado do deputado federal Daniel Silveira (PSL), ele quebrou uma placa com o nome de Marielle durante a campanha eleitoral de 2018.

Na coletiva de ontem, o MP revelou que era falso o depoimento do porteiro que associou o nome do presidente Jair Bolsonaro ao de um dos suspeitos de ter participado da morte de Marielle. Essa foi a primeira vez que Carmem Eliza Bastos participou de uma coletiva de imprensa sobre o caso. Em ocasiões anteriores, a responsabilidade de dar explicações aos jornalistas sobre o rumo das investigações foi das promotoras Simone Sibilio, coordenadora do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco), e Letícia Petriz.

Carregar mais notícias
Carregar mais em Política

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Vejam também

Congresso boliviano mantém reconhecimento a Evo como presidente

A partir da liderança do novo presidente da Câmara, parlamentares do MAS (partido de Evo M…