Home Educação Pesquisas apontam que maioria dos pais e alunos não querem retorno imediato

Pesquisas apontam que maioria dos pais e alunos não querem retorno imediato

4 min read
0

Apesar do anúncio do Governo do Estado sobre a retomada ou não das aulas presenciais, de maneira gradual, só acontecer na sexta-feira (7/8), os sete municípios do ABC, com apoio de pais e alunos, já decidiram que não vão retomar as atividades nas unidades de ensino em 2020, pois, boa parte dos entrevistados nas pesquisas realizadas pelas prefeituras apontaram que só pretendem permitir o retorno de seus filhos às escolas após a vacinação contra o novo coronavírus.

Em Mauá foram realizados dois levantamentos. O primeiro apontou que 65% eram contrários ao retorno. Em enquete aberta, o número cresceu para 92%. Em São Caetano, 78% dos alunos afirmaram que não querem retornar antes de uma cura para o covid-19. No caso de Ribeirão Pires, o número dos contrários a retomada gradual chegou a 82%.

Diadema entrevistou os pais e mais de 90% são contra a retomada, número parecido ocorreu na pesquisa com os profissionais de Educação (94%). Em Rio Grande da Serra, 80% não querem as aulas presenciais neste ano, em Santo André os dados ficaram na casa dos 92% e em São Bernardo o levantamento parcial está em 84,36% para o não retorno.

Com informações do Repórter Diário

Carregar mais notícias
Carregar mais em Educação

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Vejam também

Prerrogativas lança “O livro das suspeições”

Do prerrogativas – O Livro das Suspeições reúne 34 artigos originais de juristas e advogad…