PIX para empresas: sistema de pagamento é promissor para o e-commerce

Atibaia – SP 1/12/2020 –

O PIX pode auxiliar as lojas virtuais em vários sentidos, já que instantaneamente é possível receber o pagamento e fazer um controle assertivo do estoque

Em 16 de novembro de 2020 o PIX entrou em pleno funcionamento no Brasil. O sistema de pagamento instantâneo está disponível para pessoas e empresas que tenham conta corrente, poupança ou conta de pagamento pré-paga em uma das instituições aprovadas pelo Banco Central. Em ascensão depois da pandemia, as lojas online têm agora uma alternativa a mais de meio de pagamento para oferecer aos clientes.

A Go Biz, especialista em marketing digital e criação de loja virtual, afirma que além das vantagens ao cliente, que passa a ter mais comodidade para pagar por suas compras, oferecer o meio de pagamento PIX pode ainda trazer benefícios para as empresas. “Além das taxas menores que DOC e TED, a transação ocorre em poucos segundos, permitindo um fluxo de estoque, por exemplo, muito mais ágil”, afirma a empresa que esclarece que de nada adianta ter uma excelente ação de marketing se a empresa não dispõe do produto.

“Atualmente, o controle do estoque fica por vezes comprometido quando o item está aguardando a aprovação do pagamento, que pode levar alguns dias dependendo da forma como foi realizado. Se o pagamento não for efetuado, a empresa levará um tempo para perceber, o que atrasa a reposição do item ao estoque, implicando na perda de algumas vendas”, explica. Assim, a Go Biz acredita que o PIX pode auxiliar as lojas virtuais nesse sentido, já que instantaneamente é possível receber o pagamento e “fazer um controle de estoque muito mais assertivo”, explica.

A adesão do e-commerce aos avanços tecnológicos é também um grande atrativo ao público. A empresa, especialista em marketing digital, afirma que essa adaptação ao novo é bastante atrativa para os clientes e pode ser utilizada em uma série de campanhas de divulgação. “Para atrair um potencial consumidor, é imprescindível que a empresa faça parte do mesmo universo dele, além de proporcionar cada dia mais facilidade na compra”, diz. A empresa destaca ainda que o PIX é um meio de pagamento extremamente ágil, gratuito para pessoas físicas e disponível 24h por dia, 7 dias na semana, todos dias do ano.

Como implementar a chave PIX no e-commerce

A implementação do PIX nas empresas pode ser feita de algumas maneiras, mas para quem tem lojas virtuais próprias ou utiliza marketplace, a opção mais recomendada é o QR code dinâmico, pois ele é exclusivo para cada transação. Ele também permite a inclusão de outros dados e informações, como a identificação de quem irá receber, o que é fundamental no e-commerce.

Entre as informações possíveis de serem incluídas com o QR code dinâmico, está o nome do produto ou serviço, o identificador da compra, o número da Nota Fiscal e, futuramente, informações como multa, juros e protesto. “É necessário verificar com a plataforma de e-commerce a disponibilidade dessa integração. Ou ainda desenvolver internamente, seguindo as recomendações do Banco Central”, explica a Go Biz.

No que tange à usabilidade, a Go Biz lembra que ao fazer uma compra com o celular não é possível ler o QR code. Como muitas transações são feitas de smartphones, é necessário disponibilizar a “linha digitável” que o QR code dispõe, assim como os boletos, para o usuário copiar e colar no aplicativo de pagamento.

Por fim, a empresa destaca que antes de registrar as chaves PIX da empresa, é interessante negociar as tarifas com as instituições financeiras, para alinhar uma economia saudável para a empresa e lembra: “existem regras e restrições de horário e limites de pagamento ou transferência, como já possui hoje, por medida de segurança. Ainda assim, a implementação dessa tecnologia é bastante promissora”, afirma. A empresa também pondera que a facilidade dentro de um processo de compra pode ser decisiva para a retenção de um cliente, além de minimizar questões burocráticas. “A Go Biz acredita que essa é uma grande chance de crescimento para as lojas virtuais”, finaliza.

Em caso de dúvidas sobre o novo sistema de pagamento, o site do Banco Central disponibiliza algumas das principais perguntas e respostas sobre o PIX.

Website: http:///www.gobiz.com.br

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.