Reta final: 5 dicas para estudar menos e aprender mais

1/12/2020 –

Especialista da Plataforma AZ aborda técnicas para otimizar a preparação para o Enem e o vestibular

Faltam menos de dois meses para o Enem e os vestibulares mais concorridos do Brasil. A corrida contra o tempo pode gerar ainda mais ansiedade e preocupação nos alunos que sonham com a oportunidade de ingressar na universidade. Nessa reta final de preparação, no entanto, especialistas afirmam que é preciso manter o foco, o planejamento e a dedicação para alcançar a alta performance.

“Comparamos o preparo para o vestibular com uma maratona, é preciso ter resistência. Diferente de uma prova de 100 metros rasos, em que é necessário explosão”, comenta Ricardo Nunes, especialista da Plataforma AZ de Aprendizagem. Ou seja, não adianta estudar tudo de uma vez agora, é preciso se planejar.

Visando auxiliar os estudantes nesse processo, o especialista preparou 5 dicas para otimizar a aprendizagem, estudando menos e aprendendo mais, para garantir o melhor resultado nos exames.

Qualidade do estudo e não quantidade

O primeiro passo dessa jornada para a alta performance é o planejamento, para que o aluno tenha qualidade nos estudos e não quantidade. De acordo com Nunes, se o estudante tentar revisar tudo o que aprendeu o ano inteiro, provavelmente não conseguirá ter sucesso e ainda poderá ficar desanimado.

Para isso, é preciso selecionar o que é mais relevante, de acordo com o objetivo do aluno. “O estudante AZ, por exemplo, conta com ferramentas digitais personalizadas como o MAPA, que – de acordo com a universidade e curso escolhidos -, aponta o que é mais ou menos relevante para os estudos de cada um”, explica.

Hora de colocar os planos em ação

Após definir o planejamento de revisão e os conteúdos prioritários, é indispensável a execução de tudo o que foi proposto para que o candidato alcance o sucesso nos estudos. “Por essa razão, é fundamental definir metas factíveis, para que ele consiga cumprir e se sentir cada vez mais motivado”, completa o especialista.

Aprenda com os erros

Praticar e avaliar a aprendizagem é essencial nesse processo de preparação. No entanto, Ricardo Nunes alerta que não basta fazer o exercício e conferir o gabarito, é preciso aprender com os erros.

Se o estudante fizer uma lista de exercícios com 100 questões, conferir os resultados e logo pegar outras 100 questões, não aprenderá com o que errou. Além disso, a quantidade não ajudará nos estudos, apenas deixará o aluno mais cansado.

A dica do especialista é para o vestibulando reunir as atividades que não acertou e tirar as suas dúvidas. “No Super App AZ, por exemplo, o aluno conta com vídeos de resolução, videoaulas e muitos outros conteúdos para aprender com o erro”, explica. Ao notar a evolução em relação à aprendizagem, o aluno também ficará mais motivado.

Gosto pelo estudo

Neste momento atípico de pandemia, com diversas restrições, além da preocupação com o vestibular e o Enem, é fundamental que o estudante tenha prazer em estudar.

Para estimular esse gosto pelo estudo, é importante buscar novas formas de aprender, utilizando diferentes mídias e saindo um pouco da rotina. Se está acostumado a ler livros e fazer resumos, por exemplo, que tal assistir vídeos ou ouvir podcasts sobre o assunto, sem perder o foco? No canal da Plataforma AZ, no YouTube, por exemplo, há uma série de vídeos para ajudar os alunos com os estudos, no Desafio #100DiasAZ. Basta acessar www.youtube.com/plataformaaz.

Relaxar também faz parte dos planos

É claro que os momentos de lazer também devem constar neste planejamento – seja para entrar nas redes sociais, assistir filmes ou séries, falar com os amigos e até mesmo incluir uma atividade física na rotina. “Essas atividades de relaxamento poderão auxiliar na redução do estresse pré-vestibular, além de aumentar o foco e a disposição”, finaliza Ricardo Nunes, especialista da Plataforma AZ de Aprendizagem.

 

Plataforma AZ

A Plataforma AZ de Aprendizagem, marca da Conexia Educação, conta com um conjunto de soluções educacionais inovadoras para a Educação Básica, o qual promove a formação integral do aluno para os desafios do século 21, além de estimular a autonomia, o alto rendimento acadêmico e o gosto pelo estudo. Por meio de ferramentas como o MAPA (conjunto de metas acadêmicas) e simulados semanais com feedback imediato no Super App AZ, é realizada a individualização da trajetória do aluno, com uma formação personalizada. Referência em aprovação nos vestibulares mais concorridos do país, a metodologia está disponível para escolas de todo o Brasil, da Educação Infantil ao Pré-Vestibular. Mais informações em: http://www.plataformaaz.com.br

Website: http://www.plataformaaz.com.br

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.