Grão Direto e Bayer lançam selo de práticas sustentáveis para a venda de grãos

4/11/2021 –

A presença do selo indicará quais agricultores na plataforma estão utilizando práticas agronômicas mais benéficas ao meio ambiente

A Grão Direto, maior plataforma digital para comercialização de grãos da América Latina, anuncia a introdução, em colaboração com a Bayer, do “Selo de Práticas Mais Sustentáveis” em seu marketplace digital. A presença do selo indicará quais agricultores na plataforma estão utilizando práticas agronômicas mais benéficas ao meio ambiente. A iniciativa permite que a startup, que tem várias outras ações que buscam incentivar a adoção de práticas mais sustentáveis, proporcione ainda mais segurança, rastreabilidade e eficiência para as transações digitais de grãos no mercado físico.

Desenvolvido em colaboração com a equipe global de sustentabilidade da Bayer, o selo é concedido aos agricultores de acordo com os resultados de um questionário sobre práticas agrícolas sustentáveis. A metodologia atribui uma pontuação a aspectos específicos como plantio direto, uso de nitrogênio, manejo do solo, tipos de culturas de rotação, entre outros. Além disso, aqueles agricultores com menores pontuações são incentivados a conhecer mais e a adotar práticas que sejam mais benéficas ao meio ambiente. Após um piloto com mais de 200 agricultores brasileiros participantes, a iniciativa agora será estendida às dezenas de milhares de usuários da plataforma da Grão Direto. Além do selo, outros dados relacionados a ESG, organizados a partir de diferentes fontes — como órgãos governamentais e empresas de monitoramento e compliance — são utilizados para verificar, por exemplo, sobre apontamentos em lista de trabalho escravo ou junto ao IBAMA.

O apoio da Bayer foi essencial para a criação do selo de práticas sustentáveis. As equipes de produto e tecnologia da Grão Direto foram apoiadas por especialistas globais da multinacional, que serviram como consultores para tópicos relevantes do projeto piloto, incluindo a melhor maneira de abordar os agricultores, composição da pontuação, metodologia e resultados. A Leaps by Bayer, braço de investimento de impacto da Bayer, também participou de rodadas de investimento da Grão Direto em 2018 e 2021.

“Foi um trabalho colaborativo incrível”, afirma Frederico Marques, Head de Produto, CTO da Grão Direto e líder da iniciativa. “Nossa equipe se empenhou muito neste projeto: estivemos em contato com especialistas líderes em ESG, pesquisamos as referências de outros mercados, validamos a experiência do cliente e a aceitabilidade dos usuários e, é claro, definimos quais práticas agronômicas — e em que nível — são diferenciais para um melhor cuidado ambiental”. Para Marques, o apoio da Bayer foi excepcional: “É gratificante fazer parte de um grupo de trabalho com alguns dos maiores nomes do mundo em sustentabilidade, soluções para redução de emissões de carbono e produtos digitais para o agronegócio. A disponibilidade, gentileza e envolvimento destes profissionais nos dão ainda mais confiança de que estamos no caminho certo para sermos a plataforma digital de comercialização de grãos que mais incentiva a sustentabilidade no mundo”, enfatizou Marques.

“Como líder global em agricultura com escala e abrangência significativas, temos a grande responsabilidade de enfrentar os desafios impostos ao nosso sistema alimentar e o impacto da agricultura no meio ambiente. Para isso, acreditamos e confiamos em parcerias sólidas”, diz Matthias Berninger, Head de Assuntos Públicos, Ciência & Sustentabilidade da Bayer. “É exatamente por isso que trabalhamos com a Grão Direto para a criação do ‘Selo de Práticas Mais Sustentáveis’. Este é um grande exemplo de como incentivamos os agricultores a implantar soluções para obter melhores colheitas usando menos água, terra e energia”.

Democratização da informação e demanda do mercado

A disponibilidade de informações sobre sustentabilidade na plataforma Grão Direto também permitirá melhor controle a compradores de grãos, de diversos perfis e tamanhos, que ainda não possuem processos de compliance ambiental tão desenvolvidos. Dessa forma, a adoção de padrões de sustentabilidade na comercialização de grãos poderá ir além das grandes empresas, que já possuem setores próprios e específicos de ESG.

Com isso, a Grão Direto apoia e incentiva seus usuários a atender às crescentes demandas de sustentabilidade nos negócios com commodities agrícolas, aumentando a qualidade dos padrões e processos ao longo de toda a cadeia de originação de grãos. Além disso, através da tecnologia será possível oferecer maior nível de conhecimento e educação nos casos em que o sistema identifique oportunidades para melhoria nas práticas agrícolas dos usuários, aumentando o nível geral de sustentabilidade ao longo da cadeia. Esse incremento da consciência sobre a sustentabilidade em larga escala pode beneficiar uma variedade de biomas importantes, como a Amazônia e o Cerrado.

Posicionada como um marketplace, a Grão Direto tem como estratégia reunir, processar e disponibilizar — de forma integrada às jornadas comerciais de grãos — dados de ESG de diferentes fontes que produzem ativamente este tipo de informação. A startup atua como cliente das empresas de monitoramento e compliance, ajudando a distribuir seus produtos e serviços, facilitando sua conexão com novos clientes e parceiros, além de contribuir com seus modelos a partir dos dados gerados pela plataforma Grão Direto. A ideia é fornecer ao mercado, na hora certa e de forma integrada e acessível, as informações necessárias para que as transações em grãos sejam concluídas com rapidez, segurança e com o que há de mais moderno em compliance ambiental e social.

“O agricultor brasileiro não teme a sustentabilidade, já que a grande maioria é engajada e possui excelentes práticas que protegem o meio ambiente”, diz Frederico Marques. “O que eles buscam é uma forma simples, integrada e eficaz de demonstrar sua adequação”. O objetivo da Grão Direto é contribuir para a liderança do Brasil nesta questão. “Nossa visão para o futuro é assegurar que todos os grãos comercializados digitalmente através da plataforma tenham passado por critérios de mercado bem definidos em relação à sustentabilidade, além de promover as melhores práticas e processos para todos os produtores e compradores de grãos. O tema ESG abrirá ainda mais portas para os agricultores brasileiros e queremos impulsionar esse movimento apoiando um agronegócio eficiente, seguro e sustentável. Essa atual iniciativa é apenas o primeiro passo”, destaca Marques.

Website: http://www.bayer.com.br

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.