Escolas internacionais italianas realizam Esami di Stato

São Paulo, SP 25/11/2021 – O Esame di Stato representa um verdadeiro passaporte para ingressar na faculdade tanto brasileira quanto italiana.

Exame é obrigatório para conquistar a dupla diplomação Brasil e Itália

Considerado uma versão italiana do Enem, o Esami di Stato é uma importante prova instituída pelo Ministero dell’Istruzione da Itália, e que ocorre no final do primeiro e segundo ciclo de ensino nas escolas internacionais italianas. O Esami faz parte da trajetória escolar do aluno e tem como objetivo avaliar as habilidades adquiridas ao final de cada ciclo escolar.

“O Esame di Stato representa um verdadeiro passaporte para ingressar na faculdade tanto brasileira quanto italiana. Esse dia tão esperado pode ser visto pelos alunos com muita preocupação e apreensão, porém em italiano esse exame se chama “esame di maturità”,  então em si é uma etapa que, além de ser obrigatória para concluir os estudos, ajuda os alunos a “amadurecer” para poder enfrentar a faculdade, pois nesse exame os alunos terão a oportunidade de expor o conhecimento em frente de uma comissão externa com professores desconhecidos, coisa que somente na faculdade acontece”, explica Fabio Pizzighello, coordenador pedagógico Media e Liceo (Ensino Fundamental II e Ensino Médio) da Scuola Internacional Italiana Eugenio Montale.

Antes da pandemia, o Esami di Stato era realizado com provas escritas e uma parte oral, diferente deste ano, que será apenas de forma oral e com apresentação do trabalho escrito final, chamado elaborato. Na Eugenio Montale, única autorizada a aplicar o Esame di Stato no Estado de São Paulo, o corpo docente, coordenação e direção pedagógica explicam previamente sobre a avaliação, seus componentes e seu conteúdo, além de instruir os alunos no aspecto multidisciplinar da prova, que é um dos grandes pontos avaliados durante o colloquio (prova oral). A comissão de ensino da instituição escolherá os temas a serem utilizados nas simulações.

“Embora o Esame di Stato seja visto como um tipo de avaliação final do percurso de estudos que pertence ao século passado, ainda é a melhor forma para que o aluno possa enfrentar aquele medo que geralmente todos os estudantes têm, ou seja, se abrir publicamente e expor o conhecimento que ele veio adquirindo ao longo dos anos”, complementa o coordenador.

 

 

Website: http://www.montale.com.br

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.