Tendência do e-commerce é promissora, mas empresas precisam se destacar

Atibaia – SP 8/11/2021 –

Estruturação do e-commerce e investimento em marketing digital podem ajudar a potencializar os negócios.

Muitas empresas migraram para o digital para acompanhar a tendência do mercado, especialmente a partir de 2020, quando a pandemia acentuou consideravelmente o comércio eletrônico. Porém, mais que o argumento de estar na “moda”, agora os empresários também podem ver seu negócio no digital como rentável. Afinal, dados do Comitê de Métricas da Câmara Brasileira da Economia Digital revelam que, no Brasil, o e-commerce teve um salto expressivo em 2020, atingindo mais de 73% de expansão em relação a 2019.

O marketing digital, por sua vez, é considerado um importante meio para a projeção do e-commerce. Investimentos que antes eram vistos, limitadamente, como custo, passaram a ganhar outra perspectiva. Para o CEO da agência de marketing digital Go Biz há uma grande expectativa sobre a mudança de perspectiva na área. “A partir do momento em que as empresas entendem qual o nosso papel e nos veem como aliados, o faturamento deles tende a aumentar consideravelmente. Basta alinhar qual a melhor estratégia para iniciar os investimentos”, afirmou Ricardo Domingues.

Em relação ao comportamento do consumidor, o cenário para o e-commerce é bastante promissor. Segundo o relatório “Consumer Trends Report 2021”, da Euromonitor, 46% dos brasileiros estão substituindo compras em lojas físicas por experiências online. Esse mesmo estudo aponta que 57% dos clientes se sentem mais confortáveis comprando online e 54% continuarão evitando visitas a lojas, supermercados e mercados de rua no futuro, devido às preocupações com a saúde.

Domingues explica, porém, que essa tendência no e-commerce não deve tranquilizar os empresários, mas fazê-los buscar maneiras de ser reconhecido entre a concorrência. “O mercado está aquecido para todos. Embora o volume de clientes seja grande, as pessoas só saberão do seu negócio se você o divulgar. E mais do que isso, elas só terão a confiança de finalizar um pedido se a empresa passar credibilidade e segurança na hora da compra”, ponderou Domingues.

Questionado sobre como é possível construir essa narrativa em nome da empresa, o CEO da Go Biz explicou que o marketing digital é o caminho. “Muitos pensam que marketing digital é apenas o gerenciamento de redes sociais, quando na verdade, essa é apenas parte da estratégia. Primeiro, é preciso entender melhor sobre a empresa, o que ela comercializa, qual sua posição no mercado hoje e onde ela quer chegar. Em um segundo momento são traçadas as estratégias para que isso seja concretizado. As redes sociais são sim muito importantes, mas além disso também é possível trabalhar com landing pages, e-mail marketing, estruturação de conteúdo SEO, mídia paga, entre outros”, disse.

Ricardo Domingues ainda afirma que ter um e-commerce estruturado também é parte fundamental do processo. “De nada adianta levar leads qualificados para o site se ele não tiver uma boa navegabilidade ou ainda apresentar uma série de problemas técnicos que impeçam o cliente de ter uma boa experiência de compra”, avaliou o empresário. Para tanto, é preciso alinhar as duas vertentes, de maneira a destacar a empresa perante as demais. “Unir o marketing a uma boa loja virtual certamente fará com que as vendas aumentem e a marca se torne reconhecida e respeitada, potencializando a tendência que o setor já apresenta”, finalizou.

Website: https://www.gobiz.com.br/

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.