Busca por aulas de música cresce durante a pandemia

São Paulo, SP 20/12/2021 – A música foi a forma que muitas pessoas encontraram para aliviar sentimentos de ansiedade.

Procura por aulas on-line de música cresceu 31% durante a crise sanitária; professor de canto explica o fenômeno e traça perspectivas sobre o futuro da educação à distância

Aprender a cantar ou tocar um instrumento musical foi a opção utilizada por muitas pessoas para vencer os desafios da pandemia de Covid-19. É o que demonstram os dados do aplicativo de contratação de serviços GetNinjas, que revelam que a procura por aulas on-line de música no país registrou um aumento de 31% durante a crise sanitária.

Segundo o levantamento, realizado entre os dias 17 a 23 de maio, em comparação com os dias 8 a 14 de março, apenas em São Paulo a busca pela modalidade apresentou alta de 53%, sendo que as aulas de canto foram as mais buscadas, seguidas por violão, teclado, piano e violino.

Ícaro Melo, professor de canto e criador de conteúdo no YouTube, afirma que a procura por aulas de música e de canto, especificamente, cresceram durante a pandemia como uma maneira de dar vazão ao estresse do período.

“Na minha visão, este movimento aconteceu pelo tempo extra que algumas pessoas que estão em home office ‘ganharam’ e outras que, no início, estavam ociosas em casa. Com certeza, a música foi a forma que muitas pessoas encontraram para aliviar sentimentos de ansiedade, além de tirar da gaveta um sonho antigo de cantar ou aprender um instrumento musical”, explica.

Dados da OMS (Organização Mundial de Saúde) apontam que a ansiedade afeta cerca de 18,6 milhões de brasileiros. Paralelamente, foram 53 milhões de novos casos de depressão e 76 milhões de ansiedade em todo o mundo em 2020, segundo pesquisa publicada no periódico científico The Lancet em outubro. 

Neste ponto, Melo afirma que o retorno dos alunos tem sido positivo: “todos os dias, recebo mensagens de estudantes que contam o quanto as aulas têm ajudado a desviar o foco dos problemas e focar em algo bom. A música no geral tem este poder de nos transportar para outro lugar e aliviar a nossa mente”.

Para professor, ensino à distância é uma tendência pós-pandemia

Quanto às perspectivas para o futuro pós-pandemia, o professor de canto acredita que o aprendizado on-line consiste em um “caminho sem volta”. “A partir do momento em que as pessoas experimentam este novo mundo do ensino à distância, torna-se muito difícil pensar em pagar mais caro ou gastar tempo de deslocamento a uma escola física, sabendo que podem aprender no conforto de casa”, diz.

De fato, entre 2009 e 2019, o número de matrículas em cursos à distância aumentou 378,9%, segundo levantamento do Censo da Educação Superior, realizado em parceria com o Ministério da Educação. De forma concomitante, uma pesquisa da Abmes (Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior) revela que a busca por cursos on-line cresceu cerca de 59% entre 2020 e 2021. 

Entre os principais motivos para a crescente adesão às aulas de música à distância, em particular, Melo destaca que o ensino musical on-line ganha cada vez mais adeptos porque se configura uma forma barata e segura para experimentar um novo aprendizado. 

“Em um formato antigo, seria necessário um investimento considerável em matrícula e material didático para dar os primeiros passos. Neste novo formato, você pode – com um custo muito mais baixo – simplesmente testar um curso na área musical antes de apostar todas as fichas em um novo hobby ou profissão”, conclui.

Para mais informações, basta acessar: https://icaromelo.com/

Website: https://icaromelo.com

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.