Tecnologia 5G alavanca mercado de fibras óticas

São Paulo 23/11/2021 – O aumento da demanda pede uma maior infraestrutura de conexão e os cabos de fibra ótica são fundamentais para a transmissão de dados e imagem.

Elgin entra nesse segmento e lança cabos de fibras óticas com marca própria.

O crescimento do mercado de fibra ótica no Brasil vem se mantendo constante nos últimos anos. Segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a banda larga fixa teve um aumento de 9% no período de 12 meses.

De acordo com o levantamento realizado junto a empresas e associações, há pelo menos 4.403 municípios atendidos por fibra no Brasil, o que representa 79% dos municípios brasileiros. Por consequência, 1.167 municípios ainda não estão conectados por fibra. 

A fibra ótica apresenta muitas vantagens que compensam a relação custo-benefício. Um exemplo é a capacidade de oferecer uma velocidade de até 1 Gbps, garantindo a simetria de banda larga. Isso significa que as taxas de transmissão para realização de downloads e upload de arquivos se equivalem.

O mercado de fibra ótica ainda proporciona oportunidades para pequenos prestadores de serviço. Segundo a Anatel, os prestadores de pequeno porte estão presentes com fibra ótica em 3.777 municípios e 1.108 dessas cidades são atendidas por fibra apenas por esses pequenos provedores. Isso corresponde a 20% dos municípios do país.

Nesse cenário de crescimento, que deverá ser alavancado pela tecnologia 5G, a Elgin, empresa com 70 anos de existência, lançou o seu cabo de fibra ótica certificado pela Anatel. ”O aumento da demanda pede uma maior infraestrutura de conexão e os cabos de fibra ótica são fundamentais para a transmissão de dados e imagem”, explica o diretor comercial da linha Consumer Goods da Elgin, Antonio Carlos Pazetto.

Os cabos de fibra ótica Elgin contam com material de sustentação não metálico e podem ser utilizados em instalações internas e externas.

 

Website: http://www.elgin.com.br

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.