VoIP é opção para empresas frente telefone fixo e celular, diz especialista

Já se passaram 146 anos desde que foi realizada a primeira comunicação oficial de um sistema de telecomunicações capaz de transmitir som por meio de sinais elétricos nas redes de telefone. Em 10 de março de 1876, o britânico Alexander Graham Bell produziu o feito e entrou para a história como o inventor do telefone – sob os protestos do italiano Antonio Meucci, que já havia registrado a patente de um telefone eletromagnético em 1856.

A invenção seria alvo de uma disputa que se arrastaria por séculos, recebendo uma definição a favor de Meucci apenas em 2002, por meio de uma resolução do Congresso dos Estados Unidos.

Do século 19 para cá, o telefone ajudou a revolucionar as relações sociais – e o mundo como um todo -, e também evoluiu. Exemplo disso, a tecnologia Voip (Voice over Internet Protocol, em inglês; ou Voz sobre Protocolo de Internet, em tradução livre) foi criada em 1995 por uma empresa israelense chamada VocalTec como uma inovação que converte a voz em um sinal digital.

O principal objetivo da tecnologia é substituir a telefonia tradicional utilizando equipamentos para conexão à internet para transmitir som, fax e vídeo na mesma rede. Como resultado, hoje é possível fazer ligações usando a internet por meio de ferramentas virtuais presentes no dia a dia pessoal e profissional das pessoas em todo o mundo, como o WhatsApp e Skype. 

Rafael Martins, CEO da VONO Telecom, operadora de telefonia voltada para o mercado de voz sobre IP, afirma que é cada vez maior o número de empresas e profissionais liberais que estão migrando para a tecnologia de telefonia VoIP.

“O principal motivo é a facilidade e praticidade de usar essa tecnologia que trafega voz sobre uma conexão de dados de internet. Por isso, acredito que, a médio e longo prazo, a tecnologia VoIP será a padrão no segmento de comunicação por voz corporativo”, expõe.

VoIP é opção à telefonia móvel e fixa e às chamadas de vídeo/voz de apps

Na perspectiva de Martins, o VoIP é uma boa alternativa à telefonia móvel e fixa e às chamadas de vídeo e de voz de aplicativos de celular. “Entre uma série de vantagens, a facilidade e praticidade de uso, somados aos custos mais baixos e à mobilidade que a tecnologia permite, torna o VoIP mais vantajoso para empresas diante de outras estruturas de comunicação”.

O especialista acrescenta que os perfis de algumas empresas estão mudando no que diz respeito à mobilidade, principalmente depois da crise sanitária, quando a necessidade do trabalho remoto fez com que a tecnologia fosse adotada de uma forma mais rápida.

“O VoIP se tornou quase como o único caminho viável para que as empresas continuassem a usar a telefonia fixa sobre uma plataforma moderna e versátil”, explica. “A tecnologia traz diversos benefícios, como a possibilidade de ter uma estrutura de PABX em nuvem, de fácil acesso e configuração, além de uma linha ou ramal que pode ser autenticado em qualquer lugar, bastando ter uma conexão com a internet”.

Além disso, prossegue, a tecnologia oferece diferenciais para empresas, como segurança, facilidade de integração e recursos. “O VoIP proporciona redução de custos, pois dispensa cabeamento e infraestrutura, gastos com manutenção e ligações nacionais e internacionais – além de oferecer taxas mais baixas nos pacotes de internet”.

5G deve impulsionar a tecnologia de telefonia VoIP

Para o CEO da VONO Telecom, com a implementação da tecnologia 5G e da IoT (Internet of Things, em inglês – Internet das Coisas, em português) em larga escala, a expectativa é que a quinta geração de internet deverá expandir a velocidade nas conexões, estimulando a procura pelo VoIP.

“A telefonia comum vai perder espaço, pois as empresas buscam cada vez mais rapidez na transmissão de informações e, além de tudo, esperam que todo o processo seja feito em uma única plataforma. Assim, a tecnologia VoIP dará um passo ainda maior para se consolidar no mercado de comunicação corporativa e profissional”, conclui Martins.

Para mais informações, basta acessar: https://www.falevono.com.br/

Comentários estão fechados.