Como a Globo tentou destruir seu inimigo

Não dispersar esforços, dinheiro e tempo: tudo contra o inimigo único

O Conversa Afiada revela os princípios que organizaram e organizam o trabalho da Globo para dar o Golpe e mantê-lo no poder:

1. Princípio da simplificação e do inimigo único

A Globo se concentrou em destruir o PT: derrubar a Dilma e prender o Lula.

O resto não interessa.

O inimigo é único.

Não dispersar esforços, dinheiro e tempo: tudo contra o inimigo único.

2. Princípio do contágio

A Globo mostrou como o PT contagiou tudo e transformou tudo em pecado e vício.

3. Princípio da Transposição

Transpor, levar todos os males e vícios a este inimigo único: tudo é culpa dele.

O avião que cai em Congonhas, a colisão com o jatinho Legacy sobre a Amazônia, o zica, a chuva, a falta de chuva…

4. Princípio da exageração e da desfiguração

O PT, Dilma e Lula foram culpados de TUDO MULTIPLICADO POR DEZ!

A Míriam Leitão diz que a culpa – DE TUDO! – é da Dilma, até hoje, em 28 de agosto de 2017!

5. Princípio da vulgarização

A Globo transformou tudo o que o PT, a Dilma e o Lula fizeram em algo torpe, vulgar, safado, sujo, enlameado… fácil de descobrir e localizar.

6. Princípio da orquestração

A Globo transformou boatos, delações premiadas do Moro, disse-me-disse, fake news – tudo virou notícia que se oficializou no Diário Oficial, o jornal nacional!

7. Princípio da renovação

A Globo tinha uma “notícia” nova, “original” sempre: uma no Mau Dia Brasil, outra no Hoje, outra novíssima no jornal nacional e uma requentada, às quatro da manhã, com o William Traaack.

8. Princípio do verossímil

Usar e abusar do depoimento de especialistas que referendam a falsidade, a suposta “informação”. Especialistas que acham qualquer coisa de qualquer assunto. Eles dão credibilidade às mentiras. Especialistas preferidos são os “economistas de bancos” e de “consultorias” – embora nunca saiba quem se consulta com elas…

9. Princípio do silêncio

A Globo ocultou – não vem ao caso – toda informação que não fosse conveniente à destruição do único inimigo

10. Princípio da transferência

A Globo potencializou um fato presente com um fato passado: se o PT roubou no mensalão do Presidente Barbosa, roubou mais ainda na Lava Jato do Moro! O Moro multiplicou o Barbosa por mil, no jornal nacional!

11. Princípio da Unanimidade

A Globo fez parecer que “todo mundo”, o “Brasil inteiro” e “a sociedade sadia”, as jovens recatadas e do lar estavam indignadas com o que jorrava e jorra da Lava Jato!

Em tempo: esses princípios aí reproduzidos da Carta Maior são os que Joseph Goebbels, Ministro da Propaganda de Hitler, seguia, religiosamente…

Paulo Henrique Amorim

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.