Dia do Imigrante: vídeos infantis promovem respeito à diversidade

A imigração no Brasil cresceu 24,4% em dez anos, aumento provocado principalmente pelo fluxo de venezuelanos, haitianos e colombianos, conforme dados do Ministério da Justiça e Segurança Pública. No dia 25 de junho, o país celebra o Dia do Imigrante, em homenagem aos povos que contribuíram e continuam contribuindo para o desenvolvimento nacional. A plataforma de educação De Criança Para Criança produziu uma série de vídeos sobre o tema, elaborados pelos próprios alunos.

Segundo o professor da plataforma De Criança Para Criança, José Francisco Aparecido, especialista em estudos contemporâneos, diversas datas comemorativas são trabalhadas nas escolas no decorrer do ano letivo. Ele explicou que os projetos são idealizados pela equipe pedagógica na intenção de os professores orientarem os seus alunos na produção de conteúdos ricos em criatividade e em novos conhecimentos. 

A Startup De Criança Para Criança promove novas metodologias de educação híbrida para escolas de todo o mundo. Um dos principais projetos da startup é a metodologia “Criando Juntos”, em que os alunos, sob a mentoria do professor, criam histórias, desenham e narram essas histórias, que podem ser baseadas nos conteúdos propostos pelas áreas do conhecimento como geografia, matemática, ciências etc. Professor e alunos enviam o material (história, desenhos e narração) pelo celular, através da plataforma colaborativa desenvolvida pelo De Criança Para Criança, para que a equipe do programa produza desenhos animados.

“Percebemos que Dia do Imigrante é um tema pouco explorado nas escolas, esse conteúdo geralmente está intrínseco no material didático de alguns segmentos. Nesse sentido, trabalhamos a temática do dia 25 de junho, data oficialmente homologada em novembro de 1957, para abordar, independentemente da faixa etária, a importância da influência de milhares de pessoas de diferentes partes do mundo na formação do nosso País, o que contribuiu na construção da nossa identidade”, afirmou.

Ao trabalhar o tema imigração nas escolas, os alunos adquirem conhecimentos sobre a diversidade e pluralidade cultural presentes na sociedade brasileira e aprendem a respeitar as diferenças. “A plataforma De Criança Para Criança propicia aos educadores e estudantes uma metodologia eficaz no trabalho de temas relevantes, como a imigração”, disse. 

O contato direto com as informações, contexto histórico e cultural dos diferentes povos ministrados pelos professores, e as dezenas de histórias disponíveis no acervo da EncicloKids, contribui pedagogicamente para a visão de mundo dos alunos, de acordo com o educador. “A própria sala de aula representa essa diversidade. A utilização das ferramentas oferecidas pelo DCPC desperta novos saberes, beneficiando diretamente o potencial criativo de cada estudante”, comentou.

Os conteúdos dos vídeos são criados pelas próprias crianças, que contam a história tendo como repertório as discussões realizadas em sala de aula, permitindo uma narrativa repleta de sentimentos. “O educador atua para permitir que seus alunos criem, pratiquem a empatia e vivenciem o real protagonismo como autores da sua história e daqueles ao seu redor”, afirmou o professor. 

Segundo o estudo divulgado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, o número de estudantes imigrantes matriculados na rede básica de ensino no Brasil passou de 41.916 em 2010 para 122.900 em 2020.

O Relatório Mundial sobre Migração 2022 das Nações Unidas aponta que em 2021 havia 281 milhões de migrantes internacionais, 3,6 % da população global. O estudo revela que as restrições para conter a Covid-19 afetaram a mobilidade, mas não impediram o movimento entre os países. O relatório apresenta o Brasil como  modelo por conceder vistos humanitários a muitos refugiados e migrantes.

Vídeos

A Imigração

https://www.youtube.com/watch?v=vUqzlSnyBVU

Lembranças Japonesas

https://www.youtube.com/watch?v=iZ9jKxUI9-8

Como Era no Tempo do Café

https://www.youtube.com/watch?v=9vmbg0jBGZs

O programa De Criança para Criança oferece um leque de metodologias de educação híbrida para escolas de todo o mundo. Do futuro para a escola, a proposta da Startup é oferecer às crianças a oportunidade de serem protagonistas, colocando-as no centro da aprendizagem. Através de uma metodologia chamada “Criando Juntos”, os professores são orientados a serem mediadores, fazendo com que os próprios alunos desenvolvam conhecimento sobre temáticas diversas. A partir de discussões, constroem coletivamente histórias, fazem desenhos e gravam locuções relativas às narrativas criadas, que, enviadas através de uma plataforma colaborativa, serão transformados em desenhos animados feitos pelo De Criança Para Criança, expandindo os horizontes educacionais.

Site

Instagram

Youtube

Facebook

Comentários estão fechados.