InteligênciaPontoCom promove debate sobre o poder transformador da música

Já dizia o filósofo Friedrich Nietzche que “sem música, a vida seria um erro”. Filosofias à parte, a música já se consolidou como uma linguagem universal e hoje serve como instrumento para mobilizar e gerar transformações sociais. Não faltam exemplos dessa força em ações realizadas em comunidades em situação de vulnerabilidade social. Nesses espaços, o ensino e a vivência na música – seja ela de que ritmo for – são aplicados como forma de desenvolvimento pessoal, fortalecendo o espírito crítico, a sociabilidade e a cidadania.

Para discutir esse assunto, o projeto de debates InteligênciaPontoCom convida o rapper Thaíde e o maestro Edilson Ventureli, sob a mediação do pesquisador e escritor Ricardo Teperman, para um bate-papo descontraído com o público no próximo dia 18, às 20h, no Teatro do Sesi-SP. A grande questão em pauta é como culturas e universos musicais tão distintos, como é o caso do hip-hop e da música erudita, podem ser aplicados para um mesmo fim: a transformação social. Durante o evento, os convidados também responderão às perguntas do público presente.

As reservas antecipadas para o evento já estão disponíveis no site www.centroculturalfiesp.com.br. Os ingressos remanescentes serão distribuídos no dia do evento, a partir das 13h, diretamente na bilheteria do Teatro. Quem não puder comparecer, pode acompanhar ao vivo a transmissão on-line no link www.sesisp.org.br/transmissao-online.

Sobre os convidados – Thaíde – Um dos principais nomes do hip-hop nacional, Thaíde é rapper, compositor, produtor, ator e apresentador. Teve um importante papel na disseminação do rap para a rádio e televisão, muito além do eixo paulistano. Sua história de sucesso acabou rendendo um livro escrito por Gilberto Yoshinaga. Na obra Thaíde: 30 anos mandando a letra, o autor traça um paralelo entre a vida do rapper, o cotidiano nas comunidades, as injustiças sociais e a exaltação da cultura afro-brasileira.

Edilson Ventureli – Pianista de formação e maestro da Orquestra Juvenil Heliópolis, foi homenageado pela Câmara Municipal de São Paulo por sua dedicação à música e à comunidade. À frente da jovem orquestra, se apresentou em importantes espaços da cidade de São Paulo, destaque para a Sala São Paulo, Teatro Alfa, Masp, Parque da Luz e estádio do Morumbi, na partida de futebol entre o Brasil e Bolívia durante as eliminatórias da Copa do Mundo.

Ricardo Teperman – Doutor em Antropologia pela Universidade de São Paulo (USP), com a tese Concerto e Desconcerto: a Osesp na Inauguração da Sala São Paulo. É autor do livro Se Liga no Som – As Transformações do Rap no Brasil, e dos CDs A Torcida Grita (2007) e Geringonça (2009).

Serviço – InteligênciaPontoCom – A Transformação pela Música. Convidados: Thaíde, Edilson Ventureli e Ricardo Tepermannesta quarta-feira (18), às 20h, no Teatro do SESI-SP (Avenida Paulista, 1313 – em frente à estação Trianon-Masp do Metrô). Duração: 90 minutos. Gênero: bate-papo Grátis. Reservas antecipadas pelo site www.centroculturalfiesp.com.br. Ingressos remanescentes distribuídos na bilheteria no dia do evento, a partir das 13h. Transmissão on-line: www.sesisp.org.br/transmissao-online

Com informações Redação Portal CliqueABC

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.