Irmão de Pablo Escobar está processando a Netflix em US$1 bilhão

A família de Pablo Escobar está ameaçando a Netflix com um processo de copyright no valor de US$1 bilhão sobre a popular série Narcos, segundo documentos obtidos pelo The Hollywood Reporter.

A Escobar Inc., empresa propriedade do irmão de Pablo Escobar, Roberto de Jesus Escobar Gaviria, começou o processo ano passado, exigindo US$1 bilhão por usar o nome e história do infame fundador do Cartel de Medelim sem permissão. Agora os detalhes da batalha legal foram revelados por documentos adquiridos pelo THR.

Apesar de dizer a VICE em 2014 que a vida de cartel “ficou para trás… Faço o bem agora”, Gaviria tirou vantagem de uma entrevista com o THR na segunda para ameaçar a empresa com o peso de suas antigas conexões.

“Não quero que a Netflix ou qualquer outra produtora filmem, em Medelim ou na Colômbia, qualquer coisa relacionada comigo ou meu irmão Pablo sem autorização da Escobar Inc.”, disse Gaviria. “É muito perigoso. Especialmente sem nossa benção. Este é meu país.”

Quando perguntaram que medidas de segurança a Netflix deveria tomar depois do tiroteio e morte não resolvidos do gerente de locações veterano de Narcos,Carlos Muñoz Portal, o senhor de 71 anos acrescentou: “A Netflix deveria fornecer pistoleiros para seu pessoal como segurança”.

O assassinato de Muñoz foi abordado pela empresa numa declaração breve, segundo a Variety, oferecendo condolências à família e dizendo que os detalhes de sua morte ainda são desconhecidos. Seu corpo foi encontrado perto da fronteira do estado de Hidalgo, México, num carro cheio de buracos de bala. Não está claro se o violento assassinato vai afetar o futuro de Narcos, mas Gaviria deixou evidente para o THR as consequências se a Netflix se recusar a entregar a soma de dez dígitos.

“Se não recebermos, vamos acabar com a série deles”, ele disse.

Esta matéria foi originalmente publicada na VICE US.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.