Mais um ranking internacional posiciona a UFABC entre as melhores do mundo

Avaliação do Center for World University Rankings (CWUR) 2017, divulgada hoje (16/10), insere a UFABC no seleto grupo de 3,2% das melhores universidades do mundo.

Na mais recente avaliação realizada pelo ranking internacional Center for World University Rankings (CWUR), divulgada hoje (16 de outubro), a UFABC subiu 53 posições (da 914ª para a 861ª colocação), entre 27.700 instituições de ensino superior de todo o mundo, e três posições dentre as instituições nacionais (da 12ª para a 9ª posição), em comparação a 2016. Foram avaliados, entre outros critérios, a qualidade da educação e da formação dos alunos, o prestígio do corpo docente, a influência e o impacto geral dos trabalhos de pesquisa.

A avaliação do CWUR 2017 insere a UFABC no seleto grupo de 3,2% das melhores universidades do mundo e reforça o destaque alcançado pela Universidade em rankings nacionais e internacionais anteriores, elaborados por outras organizações e com critérios e metodologias diferentes. “Esse resultado positivo demonstra que a Universidade vem se destacando em rankings de forma muito consistente, mesmo no período em que vive a maior crise econômica da sua história”, afirma o Reitor Klaus Capelle.

Em sua avaliação, o CWUR utiliza oito indicadores objetivos para classificar as melhores universidades do mundo:

1. Qualidade da educação, medida pelo número de alunos da universidade que conquistaram grandes prêmios internacionais, prêmios e medalhas em relação ao tamanho da universidade;
2. Emprego de alunos, medido pelo número de ex-alunos da universidade que ocupam cargos de CEO nas principais empresas do mundo em relação ao tamanho da universidade;
3. Qualidade da instituição, medida pelo número de pesquisadores que ganharam grandes prêmios internacionais, prêmios e medalhas;
4. Publicações, medidas pelo número de trabalhos de pesquisa divulgados em revistas respeitáveis;
5. Influência, medida pela quantidade de trabalhos de pesquisa publicados em revistas altamente influentes;
6. Citações, medidas pelo número de trabalhos de pesquisa altamente citados;
7. Impacto geral, medido pelo ‘índice h’ da universidade;
8. Patentes, medidas pelo número de documentos de patentes internacionais.

Para mais informações, acesse o site do Center for World University Rankings 2017.

Com informações da Assessoria de Comunicação e Imprensa da UFABC

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.