Preço da cesta básica tem ligeira queda

O preço médio da cesta básica pesquisada semanalmente pela Craisa (Companhia Regional de Abastecimento Integrado de Santo André) permaneceu estável na comparação com  o resultado da semana anterior. Segundo o levantamento,  que leva em conta as variações de preço de 34 produtos de uso frequente do brasileiro, houve apenas uma ligeira queda de 0,76% no valor que o consumidor vai precisar desembolsar esta semana. O custo da cesta era de R$ 555,35 na semana entre os dias 6 e 12 de fevereiro, e passou a R$ 551, 15 nesta semana (de 13 a 20 de fevereiro). Isso significa que o consumidor vai economizar 4,20 nesta compra.

Dos 34 produtos pesquisados pela Companhia, 20 apresentaram queda, o que provocou a pequena redução da média de preços da cesta. As principais reduções ficaram por conta da  cebola (-8,24%) e da banana (-5,88%).
Os outros 14 produtos que compõem a cesta apresentaram alta, com destaque para o alface, que subiu 11,76%, os ovos que ficaram 8,27% mais caros e o arroz que subiu 5,54%. O leite integral também apresentou alta, seguindo tendência que se repete desde o início deste ano.

“Durante a segunda quinzena do mês os preços historicamente tendem a permanecer estáveis ou com ligeiras quedas devido a presença de mais promoções provocadas pela distância do pagamento dos salários. Os preços que mais oscilam continuam sendo das frutas, legumes e verduras, que por serem mais perecíveis sofrem  com a interferência da oferta e da procura”,  explicou o engenheiro agrônomo da Craisa, Fábio Vezza de Benedetto.
Os dados são resultado da pesquisa semanal feita pela Craisa, que acompanhou o preço de 34 produtos em super e hipermercados em seis cidades da região (Santo André, São Bernardo, São Caetano; Diadema; Mauá e Ribeirão Pires). O levantamento é baseado no consumo de uma família de quatro pessoas, sendo dois adultos e duas crianças, em um período de 30 dias.

Com informações da jornalista Paola Zanei do portal da PSA

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.