A Prefeitura de Santo André dará início nesta sexta-feira (26) a um conjunto de medidas para reforçar a fiscalização visando coibir aglomerações e festas clandestinas em estabelecimentos comerciais e áreas públicas. O objetivo é conter a aceleração da pandemia de Covid-19 na cidade.

O prefeito Paulo Serra se reuniu nesta quinta-feira (25) com as forças policiais que atuam na cidade, na sede do COI (Centro de Operações Integradas) da Prefeitura, para articular todas as ações que serão desencadeadas a partir desta sexta. “Temos notado nas últimas semanas um novo perfil das internações nos nossos hospitais de campanha, com uma população mais jovem. Não podemos permitir o aumento descontrolado no número de casos e a sobrecarga dos leitos de UTI”, frisou.

As forças policiais e órgãos municipais vão atuar em várias frentes. A Polícia Militar vai montar diversos bloqueios em pontos estratégicos da cidade, com o objetivo de inibir as aglomerações. A Polícia Civil, por sua vez, vai destacar seu setor de inteligência para a atuação conjunta. Alguns pontos de aglomerações, considerados críticos, como praças e estabelecimentos comerciais, também serão interditados pela prefeitura, e a GCM manterá destacado seu efetivo para as operações integradas.

Restrições – Os prefeitos das cidades do ABC decidiram nesta quarta-feira (24), em assembleia extraordinária do Consórcio Intermunicipal Grande ABC, determinar o lockdown noturno na região, com a suspensão das atividades comerciais das 21h às 4h, a partir deste sábado (27). As exceções são farmácias e equipamentos de saúde. O transporte coletivo municipal deixará de circular às 22h.

A restrição será regulamentada por meio de decretos das prefeituras e vale até 7 de março, quando a situação da pandemia passará por nova avaliação.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.