Quais as possibilidades de desenvolvimento para Paranapiacaba?

Em vídeo publicado em novembro de 2018 acerca da Governança Ambiental na Macrometrópole Paulista, a pesquisadora Ruth Ferreira Ramos nos alerta sobre os impactos e conflitos que serão gerados se levado à diante o projeto do Centro Logístico em Paranapiacaba.

O desenvolvimento socioeconômico da região é estruturado principalmente pelo turismo ecológico e cultural. A instalação de um grande empreendimento voltado a satisfazer expectativas empresariais alheias às atividades tradicionais podem desestruturar essas características, assim como provocar graves impactos ambientais.

Precisamos valorizar essas atividades já tradicionais voltadas para o turismo ecológico e a cultura, promovendo um desenvolvimento da região que atenda essas características e não que acabem gerando impactos nocivos ao meio ambiente e ao bem-estar da comunidade local.

A continuidade do projeto do Centro Logístico é um erro que ainda podemos impedir, apoiando a mobilização da comunidade em torno de movimentos como o “SOS Paranapiacaba”, assim como ampliando o debate e a resistência junto à população de Santo André e região.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.