O Sindicato dos Servidores Públicos rejeitou nesta terça-feira (17) proposta do Executivo, de reajuste salarial de 2017 dividido em três parcelas anuais (o índice da inflação dos últimos 12 meses, de 4,57%, fracionado em 1,5% em 2018, 1,5% em 2019 e 1,5% em 2020.

Após votar contra a proposta do tucano Paulo Serra, o sindicato aprovou decisão para apresentar contraproposta na reunião com o secretário de Administração, Fernando Gomes, tendo como principal item a reposição inflacionária, retroativa a 1º de abril, data-base da categoria.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.