Você é a favor do fim dos cobradores nos ônibus da cidade?

O indicativo enviado pelo vereador da cidade Willians Bezerra (PT) ao prefeito Paulo Serra (PSDB) pede que seja feita uma nova redação ao decreto que regulamenta o transporte na cidade para que seja mantida a função do cobrador de ônibus e que seja proibido o motorista a exercer dupla função.

Os cobradores cumprem uma função social ao auxiliar o motorista no embarque e desembarque dos idosos e os deficientes físicos.

De acordo com informações colhidas, a proposta do vereador é por uma nova redação ao Art. 7º do Decreto Municipal Nº 13.937 que descreve da proibição de atividade concomitante e obrigatoriedade de ter um cobrador ou cobradora dentro dos veículos de transporte coletivo.

Afinal, os cobradores de ônibus cumprem uma função essencial que ultrapassava a lógica da cobrança da tarifa. Segundo o Código 3-60.40 na Classificação Brasileira de Operações), o cobrador ou cobradora deve auxiliar o condutor ou condutora desenvolvendo as seguintes funções: I- Cobrar a tarifa dos usuários; II- Cuidar do movimento da catraca; III- Prestar informações aos usuários quando solicitado; IV- Auxiliar o condutor ou condutora no processo de embarque e desembarque dos usuários, especialmente os idosos e pessoas com deficiência. 

A atividade concomitante de motorista e cobrador de passagens descumpre a CLT (Inciso III do art. 235-B) e é condenada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST). “O Sinteta (Sindicato dos Rodoviários do Grande ABC) protocolou na Câmara um documento em que solicita estudos para a elaboração de um projeto de lei que proíba os condutores de ônibus de receber passagens de usuários. “Essa prática de cobrar e dirigir é ilegal e fere o Código de Trânsito brasileiro”, diz o documento. E alegam que o projeto ainda ajudaria na manutenção de empregos”. (Informações ABCD Maior).

Willians Bezerra defende que se inverta a lógica que beneficia apenas o empresário de ônibus e espera que o prefeito Paulo Serra tenha sensibilidade e coragem para defender a manutenção dos postos de trabalho dos cobradores de ônibus. “O Brasil fechou 2016 com 12,3 milhões de pessoas desempregadas, por isso acreditamos que é necessário criar alternativas para custear o transporte público sem que haja redução no número dos postos de trabalho. É fundamental, portanto, que seja mantida a presença do cobrador nos coletivos municipais para que, inclusive, seja preservada essa categoria de empregado, cuja extinção provoca, também, o desemprego de pais de família na cidade, responsáveis pelo sustento dos seus”.

Internautas que se manifestaram a favor:

  • “Está correto. A segurança fica comprometida. O motorista acumula funções e com este desemprego é até desumano demitir estas pessoas”;
  • “Situação complexa, né, infelizmente não estamos na Dinamarca, ainda temos que subsidiar empregos, tentem mexer neste vespeiro, tem até a questão social aonde vai realocar essa galera, e fácil falar acaba com os cobradores”;
  • “Concordo, deve ter cobradores”;
  • Alguém tem fazer alguma coisa, causa um perigo pra todos, cobrar dar troco dirigir, ministério público deveria ver isso, ou nosso Prefeito deveria tem ter reunião com as empresas, só querem ganhar e motorista c trabalho duplo, está na hora de mudar isso.

Internautas que se manifestam contra a iniciativa:

  • “Depois do nascimento do vale eletrônico, há duas décadas, poucos são os países que mantém a figura do cobrador… Países com índices muito menores de violência já não acham prudente ter dinheiro nos coletivos para atrair bandidos…Diminuir custos para baratear o custo e investir em mais conforto. Wi-Fi, ar condicionado…”;
  • “Para fazer o quê? Um serviço de péssima qualidade, ônibus sucateados em operação, atrasos constantes e muito mais…”;
  • “Nossos vereadores deveriam ter a capacidade de apoiar uma nova licitação para um transporte de qualidade, com transações eletrônicas e, principalmente, com mão de obra qualificada e muito bem treinada…Essa cidade tem que andar para a frente e não no retrocesso…”
  • “Nenhuma cidade moderna usa mais dinheiro para pagar ônibus. O PT precisa parar de atrapalhar o progresso de Santo André, já chega p q fez nos últimos 15 anos aqui!.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.